UMA MENSAGEM ESQUECIDA DE PÁSCOA: AVIÕES, CHOCOLATES E SOLIDARIEDADE

“A maior coisa que a gente aprende nesta vida é amar e ser amado “

   (Nature boy, de Eden Ahbez, a canção favorita de James Dean)

A data é 24 de junho de 1948 e os soviéticos acabam de decretar o bloqueio terrestre de Berlim Ocidental. Sem poder receber suprimentos por rodovias e ferrovias, dois milhões de berlinenses estão ameaçados de fome e frio, pois os russos decidiram cortar a eletricidade também. Os governos aliados (EUA, França e Comunidade Britânica) decidem reabastecer a cidade pelo ar, e uma gigantesca ponte aérea é estabelecida.

A partir daí  tudo, do carvão ao leite, chegará a Berlim pelos céus.

C-54landingattemplehof

A história por si só já seria suficientemente impressionante, mas por uma pessoa muito especial ela ganhou contornos mágicos: o então Tenente Gail Halvorsen. Piloto da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF), Halvorsen num dia de folga passeava pelas cercanias do aeroporto de Tempelhof em Berlim quando parou para conversar com algumas crianças alemãs do outro lado da cerca. O que uma delas lhe disse o impressionou vivamente:

– “Moço, quando o tempo não estiver bom e o Senhor não puder pousar, não se preocupe conosco, pois nos viramos com pouca comida. Mas se perdermos nossa liberdade, nunca a recuperaremos. Então não desista de nós!”

Aquilo comoveu a Halvorsen, e ele deu os doces que tinha no bolso para os garotos. Ao ver que eles o dividiam fraternalmente entre si, o piloto teve uma idéia.

No seu próximo voo, ele levou doces em pacotinhos no avião. Quando estava na “perna” final para pouso, balançava as asas, abria a janela, e os atirava para as crianças. Para não machucar os pequenos, os pacotes caiam com paraquedas improvisados por lenços. Como sempre balançava as asas para que seu avião fosse identificado pelas crianças, Halvorsen ganhou o carinhoso apelido de “Tio asas tortas”.

Símbolo da reconciliação entre americanos e alemães, Halvorsen aos 95 anos com o ator Harrison Ford.

Símbolo da reconciliação entre americanos e alemães, Halvorsen aos 95 anos com o ator Harrison Ford.

A história se espalhou, ganhou o apoio das autoridades da USAF e da população dos EUA, que começaram a enviar doces para serem jogados para as crianças de Berlim. Outras tripulações de aviões também participaram dos lançamentos e, ao final da ponte aérea em maio de 1949, vinte e três toneladas de doces haviam sido lançadas de pára-quedas para aqueles pequeninos alemães!

Halvorsen passou a reserva como coronel em 1974. Desde então, ele vem participando de missões aéreas humanitárias por todo o planeta, continuando muito ativo até a data da elaboração deste artigo.

Uma vida longeva dedicada a fazer o  bem e ajudar o próximo !

Assista o vídeo a seguir e conheça mais um pouco de sua maravilhosa história.

Leia “As Leis de Sucesso dos Pilotos de Guerra” gratuitamente em :http://amzn.to/1TnIVft

Você também poderá gostar de :

http://robinsonfarinazzo.com.br/o-maior-dos-dias-da-aviacao-primeira-parte/

Posted in Uncategorized and tagged , , , , , , , , , , , , .

5 Comments

  1. Uma narrativa consistente, uma verdadeira história de Páscoa para crianças e adulto, concorrendo com tantos apelos emocionais vazios neste dia. Obrigado por nos “bombardear” com a doçura dessa peça histórica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *